O golpe de 1964 e a ditadura militar – Rodrigo Patto Sá Motta

PASSADOS PRESENTES

O golpe de 1964 e a ditadura militar

Rodrigo Patto Sá  Motta

Enfrentando os discursos falaciosos de exaltação ao golpe de 1964 e à ditadura militar — cada vez mais disseminados em época de fake news —, este livro repassa a história de mais de vinte anos de ditadura no Brasil, oferecendo argumentos e dados para uma reflexão criteriosa sobre o nosso recente passado autoritário, que insiste em se fazer presente.

 Rodrigo Patto Sá Motta apresenta aqui uma história da ditadura no Brasil organizada em torno de questões polêmicas centrais no atual debate público, que são analisadas ao longo de onze capítulos — por que 1964 foi um golpe e não uma revolução; as motivações dos golpistas; por que o regime instalado era de fato uma ditadura; o apelo moralizador e o uso político da “luta” contra a corrupção; o tão propagado milagre econômico e a sua problemática herança; entre outros tópicos que têm servido de baliza a projetos políticos antidemocráticos.

De autoria de um historiador com anos de pesquisa e prática docente, somando conhecimento coletivo já produzido a reflexões baseadas em novas evidências documentais, esta é uma obra mais do que oportuna em tempos de fake news e ameaças autoritárias. Livre de maniqueísmos, Passados presentes ajudará o leitor a compreender os principais aspectos e fases de um período nefasto que ainda precisa ser superado, para que não volte nunca mais.

RODRIGO PATTO SÁ MOTTA é doutor em história pela USP e professor titular do Departamento de História da UFMG. É autor, entre outros, de Jango e o golpe de 1964 na caricatura e As universidades e o regime militar, finalista do prêmio Jabuti 2015 na categoria Ciências Humanas.

 SERVIÇO:

Passados presentes, Rodrigo Patto Sá Motta

Número de páginas: 336

Preço: R$ 69,90 / e-book: 39,90

Lançamento: 09/11/21


Vous aimerez aussi...

Laisser un commentaire

Votre adresse e-mail ne sera pas publiée.

Ce site utilise Akismet pour réduire les indésirables. En savoir plus sur comment les données de vos commentaires sont utilisées.

Rechercher dans OpenEdition Search

Vous allez être redirigé vers OpenEdition Search