Publicación coloquio 2018 : Pensar as direitas na América latina

Sumário

Apresentação

As Direitas hoje

  • A ascensão da direita radical brasileira no contexto internacional – Ariel Goldstein
  • As direitas argentinas e a democracia: ditadura e pós-ditadura – Sergio Morresi
  • “Do que falamos quando dizemos ‘a direita’? Análise da historiografia mexicana especializada nas direitas” – Mario Santiago Jiménez
  • Anticomunismo, antipetismo e o giro direitista no Brasil – Rodrigo Patto Sá Motta
  • As Forças Armadas brasileiras e as heranças da ditadura militar de 1964: cultura política de direita e tentativa de interdição do passado (1995-2014) – João Teófilo Silva

Think tanks, ONGs e redes

  • A criação da Fundação Internacional para a Liberdade: entre o fracasso e a contraofensiva neoliberal na América Latina – María Julia Giménez
  • Escrever com a direita: os best sellers da direita em espanhol e sua promoção nas redes transnacionais – Julián Castro-Rea
  • Neoliberais do Cone Sul e suas alianças – Hernán Ramírez
  • O Instituto de Pesquisa e Estudos Sociais de São Paulo: a construção de um projeto pedagógico e saneador (1961-1969) – Fernanda Teixeira Moreira

Ideologia e cultura(s)

  •  O liberalismo conservador como matriz ideológica principal das direitas uruguaias (1890-1930) – Gerardo Caetano
  • Anticomunistas e antirreformistas: os intelectuais de direita e a universidade na Argentina (1962-1974) – Laura Graciela Rodríguez
  • Um antirracismo liberal conservador? Orgulho Negro e denúncia do racismo por Wilson Simonal nos anos 1960 – Bruno Vinicius Leite de Morais
  • La llamada de la tribu: os exercícios de admiração de Mario Vargas Llosa – Stéphane Boisard

Religiões e religiosidade

  • Uma rede de sociabilidade integrista: a expansão tefepista para a Argentina e Chile (1967) – Gizele Zanotto
  • As relações da TFP com o movimento conservador americano – Rodrigo Coppe Caldeira e Victor Gama
  • Luz, câmera, ação católica: Igreja e censura cinematográfica nas ditaduras militares brasileira e argentina – Ana Marília Carneiro

Ditaduras, políticas públicas e vida política

  • Antes do golpe. Anticomunismo e militarização política no Chile – Verónica Valdivia Ortiz de Zárate
  • Um lugar para a mocidade na política: a atuação das juventudes na Arena Jovem durante a ditadura militar brasileira (1969-1979) – Gabriel Amato
  • A habitação social como objeto de propaganda institucional na ditadura chilena – Gabriela Gomes
  • Narrativas de militares argentinos que participaram na “luta anti-subversiva”: entre a convicção e a moderação – Analia Goldentul
  • Circulação trasnacional Os congressos anticomunistas da América Latina (1954-1958): redes, sentidos e tensões na primera guerra fria – Ernesto Bohoslavsky e Magdalena Broquetas
  • “Os Mussolini não nascem todos os dias”. A revista Dinámica Social: um caso de neofascismo transatlântico – Celina Inéz Albornoz
  • De Maurras a Perón. A trajetória intelectual de Jaime María de Mahieu e sua influência no nacionalismo argentino – Juan Besoky
  • A batalha estético-cultural do hispanismo chileno nos anos cinquenta: estratégias e conexão franquista – Isabel Jara

 

Pensar as dereitas na América latina – Editorial Alameda

 



Citer ce billet
Clémentine Souchaud (2018, 9 octobre). Publicación coloquio 2018 : Pensar as direitas na América latina. Derechalogos. Consulté le 29 février 2024, à l’adresse https://doi.org/10.58079/nisp

Vous aimerez aussi...

Laisser un commentaire

Votre adresse e-mail ne sera pas publiée. Les champs obligatoires sont indiqués avec *

Ce site utilise Akismet pour réduire les indésirables. En savoir plus sur comment les données de vos commentaires sont utilisées.

Rechercher dans OpenEdition Search

Vous allez être redirigé vers OpenEdition Search